Parceria que deu certo: Instituto Kyokushin e Campeões de Futuro não param de produzir atletas vitoriosos

O Instituto Kyokushin de Desenvolvimento Esportivo e Social (IKDES) está se tornando uma fábrica de campeões, e em parceria com o Projeto Campeões de Futuro, da Secretaria de Estado de Esportes e Lazer (Sesport), tem atendido mais de 250 crianças e adolescentes nos bairros da Grande Terra Vermelha, em Vila Velha.

Dentre estes campeões alguns já estão ganhando pódios pelo país, como Rennan Silva, com apenas 12 anos, vice-campeão infanto-juvenil no 31º Campeonato Paulista de Karatê; além de Guilherme de Jesus, de 10 anos, que ficou em 3ª lugar na categoria infantil, do mesmo campeonato, e Nádia Reis, com 17 anos, campeã Paulista e na Pré-Seletiva Mundial por peso. Todos eles saíram do Instituto Kyokushin e do projeto Campeões de Futuro.

O presidente do IKDES e professor mestre de karatê, Paulo do Carmo, acredita que o projeto tem um papel fundamental para a sociedade. “Desde sua criação, há cinco anos, o projeto tem feito um trabalho de inclusão social e desenvolvimento humano por meio do esporte. Além disso, tem dado perspectiva a essas crianças que vivem em situação de vulnerabilidade social. A parceria com o Projeto Campeões de Futuro somou forças para trabalharmos em prol do esporte. O resultado dessa união pode ser vista com as conquistas dos nossos atletas”, afirmou Paulo.

Para o secretário de Estado de Esportes e Lazer, Edilson Barboza, o Instituto tem realizado um belo trabalho. “O Instituto Kyokushin tem feito um importante trabalho social com as crianças do bairro Terra Vermelha, e essa iniciativa tem dado bons frutos, pois o projeto é referência no Estado. A Sesport apoia esse tipo de ação e fico feliz em fazer parte disso”, comemorou.

Campeões de Futuro

O Projeto Campeões de Futuro oferece esporte gratuito para crianças e adolescentes capixabas de 6 a 17 anos, em todos os 78 municípios do Estado. O objetivo é oportunizar aos alunos a prática esportiva aliada à educação, criando um colchão social para afastá-los do risco social como o envolvimento com a criminalidade, o consumo de drogas e álcool ou a prostituição infantil. 

O projeto foi criado em 2006 e segue em fase de multiplicação. Em médio e longo prazo, a meta do Governo do Estado é inserir 100% das crianças e adolescentes capixabas no programa. Por isso, os núcleos implantados estão em constante avaliação para que novos núcleos sejam cedidos e desenvolvidos pelos municípios capixabas.

Informação à imprensa:

Assessoria de Comunicação da Sesport

Mariana Bolsoni

(27) 3636-7027

(27) 99901-9914

[email protected]

www.sesport.es.gov.br

Facebook: Sesport ES

Youtube: Sesport

Texto:  Piter Macalistan